segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Entrevista da AIC: Makhoul afirma que não usará verba de comunicação para "martelar slogans publicitários"

Makhoul Moussalem
[Foto: Divulgação]
O candidato à Prefeitura de Campos, Makhoul Moussalem (PT), abre a série de entrevistas da Associação de Imprensa Campista com os concorrentes no município. O objetivo da entidade é contribuir para difundir a visão dos prefeitáveis sobre comunicação e relacionamento com a imprensa e as redes sociais. As dez perguntas são as mesmas para todos os candidatos. A publicação no blog da AIC obedece a ordem de chegada das respostas.

Nesta entrevista, Moussalem assume compromissos como o de "usar a verba de comunicação para educar e informar a população e não para fazer propaganda de governo e martelar slogans publicitários".

Confira a íntegra:

AIC - Qual a política pública para a área de comunicação social o senhor se compromete a desenvolver em Campos dos Goytacazes caso seja eleito?

Makhoul Moussalem - A política da área de comunicação vai se basear em dois princípios: transparência e acessibilidade, de modo que todas as ações e a própria estrutura da Secretaria de Comunicação estejam voltados para um relacionamento direto e aberto tanto com os veículos de comunicação quanto com a rede de educação pública e o meio acadêmico. De outro lado, a Secretaria vai funcionar de maneira coordenada com todas as outras demais secretarias divulgando as ações e campanhas de utilidade pública promovidas por cada uma delas.

AIC - Qual a sua visão sobre o relacionamento da Prefeitura com a imprensa tradicional, os blogs e as redes sociais da internet?

Makhoul Moussalem - A liberdade de imprensa e opinião é um valor republicano do qual não abro mão.

AIC - O senhor conhece a estrutura da Secretaria de Comunicação no atual governo? Pretende alterá-la? De que modo?

Makhoul Moussalem - Não tenho conhecimento profundo e vou alterar a atual estrutura, na medida em que esta não se adéque à consecução dos objetivos de comunicação de nosso governo.

AIC - Muitos profissionais que atuam na Secretaria de Comunicação do município não são concursados. O senhor pretende substituí-los por concursados?

Makhoul Moussalem - O ideal é que todo servidor público municipal seja concursado e que mesmo os cargos em comissão sejam ocupados por servidores de carreira do órgão. E nós vamos caminhar nessa direção na administração pública municipal como um todo, inclusive na Secretaria de Comunicação.

AIC - É comum que governantes confundam publicidade sobre assuntos relevantes para a cidadania com propaganda do governante. O que o senhor fará para mudar este tipo de prática?

Makhoul Moussalem - Tudo. Pretendo usar a verba de comunicação para educar e informar a população e não para fazer propaganda de governo e martelar slogans publicitários para tentar convencer a população das maravilhas de meu governo.

AIC - Recentemente, o município perdeu o Monitor Campista, sem que a prefeitura se empenhasse em procurar mantê-lo. Na sua visão, o município agiu corretamente, em razão do Monitor ter sido editado por uma empresa privada? Ou o município poderia ter encontrado meios para salvar o jornal, em razão do seu valor histórico?

Makhoul Moussalem - Não só acho que a Prefeitura poderia ter ajudado como acho que ela contribuiu para agravar a situação do veículo quando retirou a publicação do Diário Oficial do Município que há anos compunha a renda do Monitor Campista.

AIC - A legislação já prevê uma série de parâmetros para os investimentos públicos em comunicação. Ainda assim, em muitos governos, não há a devida transparência na utilização destes recursos, uma vez que comunicação é um bem intangível. Como o senhor avalia os atuais volumes de recursos investidos em comunicação em Campos e como pretende dar transparência a esta área em seu eventual governo?

Makhoul Moussalem - O nosso governo primará pela transparência em todos os investimentos públicos, conforme já respondemos acima.

AIC - Alguns estados (BA, CE e RS, por exemplo) e municípios (Pelotas, São Carlos e Niterói, por exemplo) implantaram ou estão em fase de implantação dos seus Conselhos Municipais de Comunicação. O senhor conhece as atribuições de um conselho desta natureza? É a favor de implantar um deles em Campos?

Makhoul Moussalem - Sim. Conheço e sou totalmente favorável à implantação desse Conselho em nossa cidade.

AIC - Apesar das muitas tecnologias disponíveis, ainda é perto da nula a participação cidadã na gestão do município de Campos por meio de canais interativos na internet. Quais são as suas propostas para resolver esta demanda?

Makhoul Moussalem - O nosso Plano de Governo propõe o orçamento participativo que evidentemente inclui a participação do cidadão não só através dos Conselhos Municipais de Comunicação, mas também via Internet Banda Larga para toda população.

AIC - No debate sobre a democratização das comunicações, um dos aspectos é o que envolve o acesso dos cidadãos à internet banda larga de alta qualidade. Na sua avaliação, um município como Campos, a exemplo do que ocorre em outros municípios, tem condições de ofertar acesso gratuito e de qualidade à internet para os munícipes? Ou, na sua visão, esta não seria uma atribuição da Prefeitura?

Makhoul Moussalem - Em nosso Plano de Governo estamos propondo a criação da Cidade Digital, o que inclui o acesso à Internet Banda Larga para toda população.


[Ver entrevistas com outros candidatos]

Um comentário:

  1. Dr. Makhoul mostrou bastante segurança em suas respostas,gostei quando ele disse que é favorável ao Conselho Municipal de Comunicação, na criação da Cidade Digital (dando acesso a internet Banda Larga a toda população)e principalmente quando disse que " A política da área de comunicação vai se basear em dois princípios: transparência e acessibilidade, de modo que todas as ações e a própria estrutura da Secretaria de Comunicação estejam voltados para um relacionamento direto e aberto tanto com os veículos de comunicação quanto com a rede de educação pública e o meio acadêmico."...
    Para terminar, mostrou o que pensa e o que fará com a verba destinada a comunicação usada hoje " para fazer propaganda de governo e martelar slogans publicitários para tentar convencer a população das maravilhas de meu governo."
    Infelizmente uma triste realidade...

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget