sexta-feira, 28 de abril de 2017

AIC APÓIA PARALISAÇÃO E ATO PÚBLICO NESTA SEXTA-FEIRA EM CAMPOS

Nesta sexta-feira (28), será realizada em nível nacional uma paralisação contra os cortes de direitos trabalhistas. Em Campos, será realizado um ato público, às 14 horas, em frente à agência bancária da Caixa Econômica Federal, do Calçadão, no Centro da cidade.

A paralisação ganhou o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O ato em Campos terá a participação do Sindicato dos Técnicos das Universidades Públicas Estaduais RJ (Sintuperj), da Associação de Docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (ADUENF), Sindicato dos Bancários de Campos, Associação de Imprensa Campista (AIC) e Movimentos Sociais, entre outras instituições.

O presidente da AIC, Vitor Menezes, comentou sobre o apoio da instituição à paralisação e ao ato público. "Há uma diferença entre jornalistas, jornalismo e empresas jornalísticas. Nem sempre estas noções estão na mesma direção. E a prioridade da AIC, uma casa fundada por jornalistas, é a defesa dos trabalhadores da imprensa. No debate atual, nos posicionamos em sintonia com os movimentos sociais e sindicais, defendendo os direitos trabalhistas e previdenciários que estão sob forte ameaça", afirmou Vitor.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Preservação do Mercado Municipal na pauta de reunião entre governo e entidades culturais




Nesta quinta-feira (30), representantes de entidades culturais e de preservação histórica de Campos estiveram reunidos na sede da Prefeitura com Alexandre Bastos, Chefe de Gabinete do prefeito Rafael Diniz para discutir ações em defesa da preservação do Mercado Municipal de Campos.  De acordo o diretor da Associação de Imprensa Campista (AIC), Wellington Cordeiro, o encontro foi o início de um diálogo positivo para a preservação da memória histórica do município.

— As entidades aqui representadas compreendem a complexidade da questão do Mercado Municipal e de seu entorno. Estamos satisfeitos porque, pela primeira vez, fomos recebidos para dialogar de forma franca com a Prefeitura, que está disposta em tentar resolver a questão. Estamos esperançosos em encontrarmos uma solução para este problema — afirma, destacando que a obra, que se encontra em fase de auditoria, desrespeitou todos os critérios recomendados para a proteção de um prédio tombado pelo Patrimônio Histórico.

Segundo o Chefe de Gabinete, Alexandre Bastos, a discussão sobre as obras de reforma do Mercado Municipal de Campos é necessária para o município. Ele avisa que o próximo passo será reunir as entidades de representação com a Companhia de Desenvolvimento de Campos (Codemca) para alinhar os entendimentos em relação ao assunto.

— O governo valoriza o diálogo e está aberto para debater com todas as instituições interessadas em rediscutir o projeto do Mercado Municipal, do Shopping Popular Michel Haddad e da Feira Livre. Em breve, nós estaremos nos reunindo novamente para debater a questão, desta vez, com a presença da Codemca, para alinharmos os entendimentos – afirma.

Também participaram do encontro a presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Campos (IHG), Sylvia Paes; o jornalista e pesquisador Vilmar Rangel, e o pesquisador e membro do IHG, Genilson Soares.

Fonte: http://www.campos.rj.gov.br/exibirNoticia.php?id_noticia=39251

Por: Rafael Vargas - Foto: Rafael Peixoto -  31/03/2017 10:42:51

Manifesto em defesa do Mercado Municipal é entregue em reunião na Prefeitura



Representantes de entidades e movimentos que defendem o Mercado Municipal entregaram ontem, ao chefe de gabinete da Prefeitura de Campos, Alexandre Bastos, Manifesto endereçado ao prefeito Rafael Diniz. No documento, o grupo solicita o cancelamento do projeto em curso na área do "Camelódromo" e a revisão de todo o projeto para a área, contemplando a vitalidade popular do Mercado com a preservação do prédio histórico. Confira a íntegra do Manifesto:


sábado, 25 de março de 2017

Telhado da AIC é danificado em tentativa de roubo nesta madrugada

A Associação de Imprensa Campista comunica aos associados, amigos da casa e comunidade em geral, que teve a sua sede arrombada nesta madrugada. O Salão de Prata, na parte superior da sede, foi invadida pelo telhado, que ficou em parte danificado.

Alguns móveis foram revirados e houve tentativa de acessar uma das salas do térreo, mas nenhum pertence da entidade ou dos ocupantes das salas foi roubado. Ainda assim será feito registro policial, para que as autoridades fiquem atentas às ocorrências na região.

Não foi possível determinar o número de pessoas envolvidas na ação. Os responsáveis dos imóveis vizinhos, entre eles a Oi Telemar, foram comunicados, para contribuírem no reforço da segurança.

[Foto: Wellington Cordeiro]

terça-feira, 14 de março de 2017



AIC participa de Eleição e Posse da Diretoria e Conselho Curador da FBPN

A presidência da Associação de Imprensa de Campos possui cadeira no Conselho Supremo da Fundação Benedito Pereira Nunes. Com isso, o presidente da AIC, o jornalista Vitor Menezes participou ontem (13) da Reunião Ordinária do Conselho, no auditório da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia para eleição e posse da Diretoria e o Conselho Curador da FBPN para o quadriênio 2017/2021. 

A eleição foi por aclamação, sendo a nova Diretoria composta por Dr. Márcio Sidney Pessanha de Souza (presidente);  Annelise Maria Oliveira Wilken de Abreu (Vice Presidente); Alamir Cruz Manhães Filho (1º Secretário); José Teles de Andrade (2º Secretário); Vanda Terezinha Vasconcellos (1º Tesoureiro); Marcos José Quintanilha Rodrigues (2º Tesoureiro); Genecy Ribeiro (Consultor Jurídico).

No Conselho Curador, os efetivos são: Júlio Valle Macedo, Francisco de Almeida Conte, Marcelo Mérida de Aguiar, Francisco Rony Reis de Araújo e Fabrício Lírio Rodrigues. Além dos suplentes: Wellington Paes, Almir Abdala Salomão, Dr. Aloízio Gomes de Souza, Élio José Gonçalves e José Luiz Viana da Cruz. 

Ocorreu um erro neste gadget