sexta-feira, 17 de abril de 2015

AIC cobra da Alerj derrubada do veto ao piso dos jornalistas


A Associação de Imprensa Campista reitera o seu apoio à campanha pela inclusão dos jornalistas na lei do salário mínimo regional (RJ), na faixa 8, como consta da proposta vetada pelo governador Luiz Fernando Pezão.

A entidade reivindica dos deputados estaduais uma posição altiva e independente, por meio da derrubada do veto do governador, fazendo valer a voz dos trabalhadores que devem encontrar eco em seus representantes no parlamento.

Não é admissível que a pressão de um pequeno grupo de empresários da comunicação defina o posicionamento do governador de um estado, muito menos dos representantes do povo no Poder Legislativo.

A inclusão dos jornalistas na lei dos pisos do estado é justa, necessária e viável economicamente. Qualquer argumentação em contrário apenas procura acentuar a exploração da mão de obra da categoria, precarizar e, em última instância, deteriorar a possibilidade de que se ofereça um jornalismo de qualidade para a população.

Campos dos Goytacazes, 17 de Abril de 2015
Diretoria da Associação de Imprensa Campista


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget