sábado, 26 de outubro de 2013

NOTA DA AIC: Associação de Imprensa Campista lamenta morte de Maurício Azêdo

A Associação de Imprensa Campista (AIC) lamenta a morte do presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), o jornalista Maurício Azêdo, nesta sexta-feira, 25 de outubro. Aos 79 anos, Azêdo morreu em decorrência de uma parada cardíaca, no Hospital Samaritano, no Rio, onde estava internado. Seu corpo está sendo velado no Memorial do Carmo, também no Rio, e o sepultamento será às 16h, no Cemitério São Francisco Xavier.

Dono de uma extensa trajetória na imprensa, especialmente a carioca, Azêdo foi também militante político que lutou contra a Ditadura Militar. Após a redemocratização, disputou eleições e exerceu mandatos de vereador no Rio e chegou a ocupar interinamente o cargo de prefeito.

Na ABI, exercia a presidência desde 2007, tendo sido reeleito para um terceiro mandato neste ano de 2013.

Campos dos Goytacazes, 26 de Outubro de 2013
Diretoria da AIC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget