quarta-feira, 21 de agosto de 2013

AIC no Conselho do Parque Estadual da Lagoa do Açu

A Associação de Imprensa Campista (AIC) agora faz parte do Conselho Consultivo do Parque Estadual da Lagoa do Açu (PELAG). A entidade está representada pelo vice-presidente, o jornalista e professor Orávio de Campos Soares, que tomou posse no conselho na noite desta terça-feira(20). Área de proteção ambiental, o PELAG abrange 8.251 hectares entre os municípios de Campos e São João da Barra.
 
– A AIC, como entidade que abriga jornalistas e comunicadores de outras mídia, é altamente participativa, integrando vários conselhos, inclusive o Conselho Supremo da Fundação Benedito Pereira Nunes. O PELAG é uma unidade de conservação de proteção integral, que está assegurando a preservação de remanescentes de vegetação nativa da mata atlântica, como restinga, mangues e uma importante área alagada, denominada de Banhado de Boa Vista – explicou Orávio.
 
A participação do jornalista, assim como a de seu suplente, o presidente da AIC, Vitor Menezes, não é remunerada, o que se traduz em relevante interesse público. A indicação da entidade para compor o conselho do PELAG  – em ato assinado pelo diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas, André Ilha – foi publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, do dia 31 de julho deste ano.
 
www.facebook.com/ParqueEstadualDaLagoaDoAcuPelag
Parque - Segundo o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), o Parque Estadual da Lagoa do Açu foi criado por meio do decreto nº 43.522, de 20 de março de 2012, assinado pelo governador Sérgio Cabral. O local é também pouso e nidificação de aves migratórias e abriga várias espécies ameaçadas de extinção.
 
Mais informações sobre o PELAG, aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget